Vitória enfrenta São Paulo por vaga na semifinal da Copinha

Nesta quinta-feira, 18, o Vitória entra em campo para tentar repetir a melhor campanha do clube na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Caso passe pelo São Paulo, em jogo marcado para às 15h (horário da Bahia), em Ribeirão Preto, o Leão garante vaga na semifinal da competição, mesma fase que conseguiu alcançar em 1993, com o time que lançou nomes como Dida, Vampeta, Paulo Isidoro e Alex Alves.

O Rubro-Negro chegou até as quartas de final com um cartel de cinco triunfos e apenas uma derrota, sofrida na última rodada da fase de grupos, com vaga já garantida.

Foram cinco gols sofridos e 17 marcados. Desses, onze foram anotados pela dupla Luan (6) e Eron (5), destaques do time até aqui.

Alguns jogadores que disputam a atual edição da Copinha também formaram a base dos times que venceram a Copa do Brasil sub-17, em 2015, e a Copa do Nordeste sub-20 no ano passado.

Reforços no profissional

Assim como aconteceu em 1993, há a expectativa de que alguns jogadores que disputam a Copinha sejam aproveitados e ofereçam bom retorno técnico ao elenco profissional durante a temporada.

Difícil imaginar que Luan e companhia repitam o feito de Dida, Alex Alves e Paulo Isidoro, jogadores que disputaram a Copa São Paulo e no mesmo ano chegaram ao vice-campeoanto brasileiro, mas é possível, sim, acreditar que essa geração possa contribuir para que o Rubro-Negro tenha um ano mais tranquilo que o de 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *