Vitória bate Globo e avança em primeiro do grupo no Nordestão

O Vitória começou a rodada como líder graças ao critério de gols marcados. O time sabia que precisaria vencer por um bom placar para manter a vantagem e conseguiu. Fez 3 a 1 no Globo, nesta terça-feira, 27, no Barradão, e ficou com a primeira posição do Grupo B da Copa do Nordeste.

Adversário do Leão pela liderança, o ABC passou pelo Ferroviário pelo mesmo placar, o que não alterou a tabela de classificação.

Mancini voltou a usar um time alternativo e deu chances para jogadores como Willian Farias, que foi titular pela primeira vez em 2018. Os gols do Rubro-Negro foram marcados por Denílson e Yago, duas vezes.

A próxima partida do Leão é nada mais, nada menos, que a final do Campeonato Baiano, domingo, na Fonte Nova, contra o rival Bahia.

Virada do Leão

O Vitória sabia que provavelmente precisaria de muito gols para manter a liderança, mas quem saiu na frente foram os visitantes.

Aos oito minutos, André arriscou de fora da área e Caíque bateu roupa. A bola então sobrou nos pés de Romarinho, que tocou com categoria para tirar do alcance do goleiro.

Três minutos depois, quase o segundo. Geovane cobrou falta do meio da rua e mandou direto no gol. Caíque, no susto, espalmou para escanteio.

Pouco a pouco o Leão passou a fazer o que tem feito de melhor em 2018: trocar passes no campo de ataque. E foi assim que o time chegou ao gol de empate, aos 18 minutos da primeira etapa.

Baumjohann recebeu passe dentro da área e, com muita tranquilidade, ajeitou para Denílson, que chegou chutando de primeira para acertar o cantinho da meta. Foi o terceiro gol do Pernalonga contra o Globo em 2018. Ele já havia marcado outras duas vezes no encontro pela Copa do Brasil.

O restante do primeiro tempo não trouxe outras grandes chances de gol. Willian Farias chegou a tentar uma bicicleta de fora da área. Do outro lado, Geovane também tentou chute de longe, mas ambos sem perigo.

Com o triunfo parcial do ABC diante do Ferroviário, o Leão desceu para o intervalo na vice-liderança do grupo. O time precisava de mais um gol, então Mancini mandou Rhayner para campo no lugar de Guilherme.

A primeira boa chegada foi logo aos cinco minutos, mais uma vez com Denílson. Faltaram alguns centímetros para o Pernalonga completar cruzamento na pequena área.

Aos dez do segundo tempo, o momento mais incrível do jogo. Baumjohann infiltrou a zaga adversária e saiu na cara de Rafael. O alemão teve tranquilidade para esperar até o último segundo e rolou para o lado, deixando Yago sozinho, com o gol aberto. Mesmo assim, o camisa 77 conseguiu a proeza de chutar para fora e mandar para longe a chance da virada.

O Vitória tomava conta do jogo e aos 32 minutos foi recompensado. Denílson, o carrasco do Globo, girou dentro da área e quando armou a finalização, foi derrubado.

Yago pegou a bola, foi para cobrança e dessa vez fez bonito. Deslocou Rafael e marcou o segundo do Leão.

O caixão foi fechado instantes depois, novamente com Yago. Aos 37 minutos, o camisa 77 aproveitou rebote na área e marcou o terceiro do Vitória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *