Servidores municipais de Santo Amaro vão a justiça por atraso de salários

O Sindicato dos Servidores Públicos de Santo Amaro (Sindiser) entrou com duas representações no Ministério Público contra o prefeito Flaviano Bonfim (PP), após sucessivos atrasos nos pagamentos dos salários dos trabalhadores. Segundo a denúncia encaminhada as representações foram apresentadas no Ministério Público Estadual (MP-BA) e Tribunal de Contas do Município (TCM).

Além de não pagar os salários os servidores acusam o prefeito de descontar empréstimos consignados em folha e não repassar aos bancos, com isso o Bradesco descontou na conta corrente dos servidores onde acabaram pagando a conta duas vezes.

“O prefeito de Santo Amaro não pagou os empréstimos consignados e o Bradesco fez o débito em conta, ou seja, dois descontos num único mês. Os professores estão revoltados, nós não temos uma solução, foi muito prejuízo pra todo mundo e agora queremos saber quem é que vai pagar essa conta (…). Como é que podemos denominar uma atitude dessa onde o prefeito desconta os empréstimos consignados e não repassa, são cinco meses sem repassar para os bancos e agora o banco resolve descontar nas contas dos servidores”, destacou Mauro Rosa, servidor da prefeitura. Confira o documento do Sindser;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *