Sem tornozeleira eletrônica, Geddel está sem monitoramento

Desde que foi transferido para prisão domiciliar há duas semanas, o ex-ministro dos governos Lula e Michel Temer, Geddel Vieira Lima (PMDB) não tem nenhum monitoramento. Ainda não há tornozeleira disponível.

Segundo a Seecretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia (SEAP), a pasta “ainda não possui tornozeleiras eletrônicas”.

A secretaria afirma que fez duas licitações para a compra do equipamento: a primeira, para aquisição de 300 tornozeleiras, “já em fase final de homologação”, com previsão de entrega para o próximo mês. A segunda licitação prevê a compra de 3.200 equipamentos de monitoramento eletrônico de pessoas.

Assim como Geddel, o ex-secretário de Direitos Humanos, Almiro Sena, suspeito de assedio sexual, também cumpre prisão domicilair sem a tornozeleira eletrônica.

Prisão – O ex-ministro foi preso porque estaria tentando evitar que Eduardo Cunha e o corretor Lúcio Funaro firmem acordo de colaboração com o MPF, atuando para garantir vantagens indevidas aos dois e “monitorando” o comportamento do doleiro de forma a constrangê-lo a não fechar o acordo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *