Santo Amaro: Prefeitura não repassa dinheiro aos bancos e funcionários pagam a conta

Professores e funcionários da cidade de Santo Amaro desesperados por não solucionar uma irregularidade cometida pela prefeitura, onde o prefeito Flaviano Bomfim (PP), descontou 5 parcelas de empréstimos consignados e não repassou aos bancos credenciados, foram as ruas nessa sexta-feira (10) pedir ajuda. De acordo com o ex-presidente do Sindser (Sindicato dos Servidores Públicos da cidade de Santo Amaro) Mauro Rosa, o prefeito não repassou 5 parcelas nos salários dos professores e não repassou aos bancos, com isso o Bradesco debitou nas contas dos servidores. “Foram dois descontos em um só empréstimo. Os professores estão revoltados. Foi muti prejuízo para todos. Queremos saber de Santo Amaro; Isso é certo? Nós exigimos respeito. Pagamos dois empréstimos”, disse Mauro Rosa. Confira o pedido de socorro dos professores;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *