Santo Amaro: Funcionários da maternidade chamam prefeito de “caloteiro”

Funcionários da maternidade de Santo Amaro, administrada pela prefeitura acusam o prefeito, Flaviano Bomfim, de não pagar os salários. Segundo o grupo a prefeitura não paga regularmente os proventos e o secretário de saúde não atende os trabalhadores que buscam informações sobre os pagamentos. “Não só eu, mas toda nossa equipe de trabalho está indignada com esse gestor, que se diz o diferente. Paga um mês e atrasa três, Caloteiro. Quando a mulher dele foi ter filho lá, a maternidade tava um brinco, tudo funcionando. Mas seis meses depois eu peço que qualquer um santoamarense visite a unidade de saúde e veja com os próprios olhos”, desabafou um dos funcionários que preferiu não se identificar. De acordo com o grupo que procurou a nossa redação o prefeito pretende fechar a maternidade e transferir os serviços para a Santa Casa/Natividade.

Um comentário em “Santo Amaro: Funcionários da maternidade chamam prefeito de “caloteiro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *