S.A de Jesus: Secretário envolvido em fraudes é considerado foragido da justiça

No ultimo dia 17 o Ministério Público de Sergipe deflagrou a segunda fase da Operação Hígia. O objetivo era cumprir três mandados de prisão expedidos pela Justiça sergipana. Um dos decretos de prisão tinha como alvo o ex-secretário de Controle Interno do município de Aquidabã, Sérgio Joás Santos. O desdobramento teve reflexos na Bahia. Sérgio Joás ocupava o posto de controlador geral na prefeitura de Santo Antônio de Jesus. Nesta terça (25), sete dias depois do mandado de prisão vir a público, o prefeito Rogério Andrade (PSD) decidiu por exonerar o até então servidor público do cargo comissionado.


Sérgio Joás é considerado foragido da Justiça. Advogados que cuidam da defesa do ex-secretário informaram ao MP-SE que ele estava nos Estados Unidos e iria se apresentar ao Judiciário.
A Operação Hígia foi deflagrada em janeiro deste ano contra um esquema de fraudes a licitações na prefeitura de Aquidabã e que teria causado um prejuízo aos cofres públicos de aproximadamente R$ 3 milhões. De acordo com o MP, os desvios são referentes a serviços de coleta de lixo e limpeza urbana prestados pela empresa Construnews.

BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *