Madre de Deus Jailton Santana determina implantação de lockdown a partir do dia 21

A prefeitura de Madre de Deus determinou a implantação de lockdown na cidade a partir do dia 21 deste mês. A medida será estabelecida por decreto do prefeito Jailton Santana (PTB). A previsão inicial será de sete dias de duração. O lockdown consiste em restringir a circulação da população em lugares públicos, permitindo apenas, e de forma limitada, para questões essenciais.

“O objetivo é eliminar o foco de aglomerações em massa e conter o avanço do novo coronavírus no município. A meta é tirar pessoas das ruas e evitar aglomerações”, frisou o prefeito. “As decisões são tomadas com amplo debate com representantes de segmentos da sociedade local organizada. Devemos estar todos unidos no combate a esta pandemia, que vem vitimando famílias em todo o planeta. Estamos encarando o problema de frente, mas precisamos da participação de todos nesse processo. Cada um fazendo a sua parte, com certeza, venceremos essa batalha, em breve”, afirmou.

Neste domingo (14) o prefeito teve uma reunião sobre o tema com representantes da Câmara Municipal local, associação de comerciantes e membros de igrejas. Participaram os vereadores pastor Melk (PPS), Joyce  Lima (Republicanos), o suplente Lindivaldo Bomfim (PCdoB), membros da Associação Comercial e Industrial de Madre de Deus (ACIM); União dos Ministros Evangélicos de Madre de Deus ( UNIEMAD); padre Vilauba e técnicos da Vigilância Epidemiológica. A adoção do lockdown foi uma sugestão do vereador Mardem Lessa (PCdoB).

O lockdown não entrará em vigor de forma imediata para que a população tenha uma semana para a preparação necessária. A Sucom fiscalizará o cumprimento da medida e a Polícia Militar pode ser acionada, caso necessário. De acordo com o último boletim epidemiológico, Madre de Deus conta com 82 casos da Covid-19, sendo 39 curados e 41 ativos.

 

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *