Polícia Federal cumpre mandados em Salvador e Catu em operação contra fraude milionária

A Polícia Federal deflagrou na madrugada desta quarta-feira (23) a Operação Contra Senhas, que tem como objetivo, investigar fraudes no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Salvador. Agentes cumpriram cinco mandados de busca no edifício Sião, localizado na Av. Carlos  Gomes, no Centro, e no empresarial Wall Street, na Av. Paralela.

Segundo a PF, o prejuízo aos cofres púbicos é estimado em cerca de R$ 7,5 milhões, relativos a 75 benefícios fraudados.

Ao todo, seis mandados de busca e apreensão também estão sendo cumpridos —cinco na capital baiana e um em Catu, cidade da Região Metropolitana de Salvador (RMS). Ainda não há informações sobre prisões.

Alvo de um dos mandados em Salvador, um servidor do INSS  agia na agência das Mercês. De acordo com a PF, desde 2017, ele fraudava processos de aposentadoria.

Ainda conforme as apurações,  há indícios de que o funcionário aproveitava a fragilidade do sistema de cálculo de contribuições individuais, para lançar valores bem abaixo do efetivamente devido, o que permitia o pagamento de quantias irrisórias para o cálculo de tempo de contribuição. O suspeito também alterava ou incluía vínculos empregatícios fictícios com a mesma finalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *