PGR recusa delação de Duda Mendonça

A Procuradoria-Geral da República (PGR) recusou firmar um acordo de delação premiada com o marqueteiro baiano Duda Mendonça, que negociava o procedimento com a Polícia Federal (PF).

De acordo com o UOL, a opinião da PGR foi encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF) e recebida pelo ministro Edson Fachin. Nas negociações para tentar firmar o acordo, o marqueteiro narrou pagamentos de caixa 2 da Odebrecht para a campanha do deputado Baleia Rossi (SP), líder do PMDB na Câmara.

Na argumentação contrária à colaboração, o Ministério Público Federal diz que a celebração de acordos com a PF tira a “pressão psicológica” do investigado no chamado “dilema do prisioneiro”, situação em que um suspeito se sente forçado a colaborar com a Justiça pelo medo de que outro participante de um crime faça isso antes dele e o impeça de obter benefícios, como a redução da pena.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *