Pauta Livre – Rogaciano Medeiros

PERSEGUIÇÃO
Presidenciável pelo PDT, considerado concretamente uma opção das esquerdas para a eleição do próximo ano, o ex-ministro Ciro Gomes acha que a perseguição da extrema direita favorece a larga dianteira de Lula nas pesquisas. “A população brasileira está achando, parte importante dela, que ele é um perseguido político. E em parte é mesmo”.

PSICOLOGIA
“O povo brasileiro odeia perseguição. O Lula é campeão de entender a psicologia popular e está assumindo esse lugar”. Do ex-governador cearense, Ciro Gomes (PDT), em palestra na UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), sobre a ampla frente de Lula na corrida presidencial e a obsessão da direita em inabilitá-lo.

TENSÃO
A direita intolerante e a mídia conservadora tanto fizeram que conseguiram criar um clima de tensão para o depoimento de Lula, amanhã, ao juiz Sérgio Moro. A gravação pela defesa foi arbitrariamente proibida e a juíza da 5ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba (PR), Diele Denardin Zydek, chegou ao absurdo de proibir concentração de manifestantes nas ruas da cidade.

DESARRANJO
A direita perdeu de vez a compostura. A juíza Diele Denardin Zydek, que proibiu concentração popular nas ruas de Curitiba (PR), além de ser da Fazenda Pública é conhecida no Paraná pelas posições radicais contra o PT. Inclusive, postou críticas políticas nas redes sociais contra Lula quando o ex-presidente foi alvo da arbitrária condução coercitiva e quando foi impedido de assumir a Casa Civil no governo Dilma Rousseff.

ILEGALIDADE
A proibição da gravação do depoimento de Lula, nesta quarta-feira, pela defesa, é mais uma arbitrariedade do juiz Sérgio Moro, que desrespeita o artigo 367, parágrafo 6º, do Código de Processo Civil. É claro que o ex-presidente recorreu da decisão.

TOGADO
Opinião do cientista político Robson Sávio Reis Souza sobre as agressões das elites ultraconservadoras ao Estado de direito. “Moro proíbe que advogados de Lula gravem o depoimento. E, depois, todos sabemos: aqueles vazamentos combinados com a imprensa para o espetáculo da fogueira midiático-inquisitorial global. É fato: era uma vez Estado democrático de direito. Agora, só estado togado de direita”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *