Mototaxistas denunciam distribuição de cestas básicas doadas pela prefeitura de Cachoeira

Uma polêmica envolvendo entregas de cestas básicas pela prefeitura de Cachoeira e o roubo de outras doadas por uma empresa da cidade tem causado repercussão em todo o estado. Nesse sábado (25) motaxistas do município denunciaram a quantidade de itens na cesta básica distribuída para categoria pela prefeitura, neste sábado.

De acordo um dos trabalhadores, a pequena quantidade de itens no conjunto de alimentos doados aparenta que o pacote foi divido para mais de uma pessoa. “Olha a cesta básica que a prefeitura deu para os mototaxistas. Uma cesta divida por quatro. Essa foi a cesta que peguei hoje de manhã”, relata o denunciante.

Uma cesta básica deve conter em média de 13 a 50 itens, produtos que equivalem as cestas encomendadas e vendidas por supermercados e empresas especializadas do ramo alimentício.

Por nota, a prefeitura de Cachoeira informou que com exceção dessas 320 cestas doadas pela Mastrotto, todas as demais entregues às famílias de alunos da educação infantil, a donos de bares e mototaxistas foram e estão sendo compradas pela prefeitura, sem a colaboração de nenhuma empresa privada.

Ainda de acordo com a prefeitura, repudia as acusações de algumas pessoas mal-intencionadas que disseram que as cestas entregues aos mototaxistas foram alteradas. Não é verdade, todos os kits são compostos por uma quantidade de produtos suficientes para atender às primeiras necessidades das famílias, neste período de enfrentamento ao coronavírus.
Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *