Ministério da Saúde anuncia novos medicamentos para tratar mal de Parkinson

O Ministério da Saúde aprovou um novo protocolo clínico que inclui mais dois tipos de medicamentos para o tratamento do mal de Parkinson na rede pública do país: Rasagilina (1 mg) e Clozapina (25 mg e 100 mg).

Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 200 mil pessoas sofrem com a doença no país, e a inclusão desses fármacos visa a melhorar a qualidade de vida desses pacientes, minimizando os transtornos causados pela doença.

A previsão é de que a Rasagilina possa ser colocada à disposição da população até o final de fevereiro do próximo ano. Em relação à Clozapina, esse remédio já vinha sendo adotado no Sistema Único de Saúde (SUS) em casos de transtorno bipolar e esquizofrenia, e será distribuído também para o controle de sintomas psicóticos das pessoas com Parkinson.

De acordo com informações da Agência Brasil, o gasto estimado com os dois fármacos é de R$ 17,91 milhões, e a indicação terapêutica foi aprovada na Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS, a pedido da Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *