Maragojipe: Embasa conclui adutora provisória e garante abastecimento de água

Em visita ao município de Maragojipe o diretor de Operações do Interior da Empresa Baiana de Água e Saneamento – EMBASA, Ubiratan Cardoso, realizou inspeção in loco para anunciar as medidas que deverão ser adotadas para solucionar o problema no fornecimento de água do município.

A construção da adutora provisória que vai captar água do manancial dos Paranhos, que fica localizado nas Embaíbas, zona rural de Maragojipe, já foi finalizada e fornecerá água para a população pelos próximos 20 dias. A obra tem caráter emergencial e servirá como complementação na distribuição. Além disso, 15 carros-pipas estarão reforçando o abastecimento nos quase 40 reservatórios instalados na sede e nos distritos.

Ubiratan Cardoso afirmou ainda que a obra de construção da adutora permanente que trará água da barragem de Pedra do Cavalo, em Muritiba, para Maragojipe, será iniciada já na próxima segunda-feira (25). Segundo o diretor, uma parte do material já está armazenado na Estação de Tratamento de Água – ETA de Muritiba e outra parte será trazida de Salvador. A escavação para canalização será iniciada ainda esta semana.

De acordo com a Embasa a obra terá um investimento de R$ 12 milhões com recursos próprios que serão aplicados em 23 quilômetros de tubulação para canalização da água que já chegará na ETA de Maragojipe tratada, pronta para distribuição. “Nesse momento de crise e estiagem atípica, estamos iniciando esta obra que vai resolver de forma definitiva o problema no abastecimento de água da cidade de Maragojipe e dos distritos de Nagé e Coqueiros”, afirma o diretor.

Ubiratan Cardoso ressaltou ainda que com a interligação do sistema de Muritiba ao de Maragojipe, a comunidade rural da Rodagem também será beneficiada e garantiu que, em breve, a Embasa também estará viabilizando o abastecimento da comunidade de Capanema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *