Leão diz que PP não indicará suplente a senador: “Já está praticamente fechado com o PCdoB”

O vice-governador João Leão (PP) negou, na manhã desta terça-feira (24), que o PP reivindicará uma das suplências ao Senado na chapa do governador Rui Costa (PT). Nesta segunda-feira (23), voltou a circular nos bastidores a informação de que a sigla não havia desistido de reivindicar a primeira suplência de Angelo Coronel (PSD), e planejava até mesmo tentar barrar a indicação de Davidson Magalhães (PCdoB) para o posto.

“Somos de compor, fazemos parte da chapa. Vamos contentar quem está lá. Já está praticamente fechado com o PCdoB”, garantiu Leão.  O pepista está em Brasília para uma série de compromissos. Nesta quarta-feira (25), deve se encontrar com o presidente nacional do PP, Ciro Nogueira, para tratar das eleições em todos os estados.

No início do mês, o deputado federal Cacá Leão (PP) disse ao BNews que o partido desejava manter o senador Roberto Muniz (PP), suplente de Walter Pinheiro (sem partido), no posto. “É claro que na política ninguém quer perder espaço. Hoje nós temos, na conjuntura política que está montada, o vice-governador João Leão e o senador Roberto Muniz, que ocupa uma das suplências. Então, o desejo do nosso partido é a manutenção desses espaços, e é em torno disso que temos feito essa discussão. A disputa você faz, trava, convence pelos seus argumentos. Acho que não podemos radicalizar nem criar dificuldade para a montagem do processo”, declarou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *