Deputado se solidariza com agentes de saúde, cobra EPIs e planos da prefeitura para categoria

O deputado estadual Robinson Almeida (PT) se solidarizou, neste domingo (31), com os agentes de saúde e de combate a endemias e cobrou da prefeitura de Salvador um plano de trabalho que garanta aos trabalhadores Equipamentos de Proteção Individual e a retirada “imediata” da linha de frente do trabalho daqueles que são do grupo de risco, como hipertensos, diabéticos e asmáticos. Apenas no mês de maio, a categoria registrou a perda de três trabalhadores para a Covid-19.

“Meus sentimentos de pesar a família de Jacome Eduardo, de Janete Santos e de Fracisco Odelito Santana, que perderam suas vidas na pandemia para o Coronavírus. Minha solidariedade a toda categoria que presta um serviço tão importante à saúde e à vida em nossa cidade. Por isso, é importante que a prefeitura de Salvador apresente um plano de trabalho que garanta segurança e proteção a esses trabalhadores, tão essenciais a atenção básica de saúde e no combate ao aedes aegypti que também assola o município nesse momento crítico”, afirmou o parlamentar.

Segundo o sindicato dos Agentes de Saúde e de Combate a Endemias, em Salvador há 25 agentes comunitários e 15 agentes de endemias com o coronavírus. Para Robinson, os dados são preocupantes.

“Não podemos continuar a perder vidas, vidas estas que poderiam ser salvas com um plano de trabalho bem elaborado e a licença imediata, para o home office, dos trabalhadores que possuem doenças crônicas e são, portanto, do grupo de risco. É importante que a gestão municipal desenvolva, apresente e aplique logo esse plano, porque ninguém quer mais chorar a perdas de vidas”, enfatizou o deputado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *