Deputado Cajado vota contra projeto de ajuda a Estados e municípios no Congresso

Apenas o deputado federal Cláudio Cajado (PP) votou contra, na bancada governista baiana no Congresso, o projeto emergencial de socorro aos estados e municípios na crise causada pelo coronavírus, aprovado ontem.

A matéria era considerada fundamental tanto pelo governador Rui Costa (PT), a quem Cajado se aliou nas eleições passadas depois de romper com ACM Neto (DEM), quanto pelo prefeito de Salvador.

O deputado preferiu ficar com o presidente Jair Bolsonaro a apoiar o governador Rui Costa, disse um deputado da base, indignado com a posição assumida por Cajado.

Um outro, ligado a ACM Neto, também irritado, disse que o parlamentar do PP deve ter esquecido que empregou a mulher, Andréia, na Desenbahia, sob as bençãos do governo.

Da bancada de oposição a Rui no Congresso, apenas a deputada federal Dayane Pimentel votou contra a proposta, que é criticada pelo ministro Paulo Guedes (Economia) por não prever contrapartida de governos e municípios.

O texto-base foi aprovado por 431 votos a 70. O plenário da Câmara analisou e rejeitou os destaques — pedidos de alteração do texto. Guedes pretende impedir que seja aprovado pelo Senado.

PoliticaLivre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *