Defesa de João Santana pede apuração sobre offshore citada por advogado

Os advogados dos marqueteiros João Santana e Mônica Moura afirmaram nesta sexta-feira (29) que pedirão à Procuradoria-Geral da República (PGR) que investigue a offshore Deltora Entrerprise Group, bem como a conta que teria sido usada para repassar valores não declarados pelo casal, segundo o advogado Rodrigo Tacla Duran.

A nota classifica como “caluniosas e infundadas as informações atribuídas” a Duran, que atuou para a Odebrecht entre 2011 e 2016 e agora está na Espanha.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o advogado, que teve prisão decretada pelo juiz Sergio Moro, disse ter uma planilha que apontaria repasses ainda não conhecidos a Santana e sua mulher e que pretende detalhar o assunto em livro que já escreve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *