Chuvas no Vale do Jiquiriçá causa prejuízos e deixa moradores ilhados

Alguns moradores de São Miguel das Matas, no Vale do Jiquiriçá, ficaram ilhados neste último sábado (21). Forte chuvas com trovoadas caíram na região, fazendo o Rio São Miguel encher a um nível mais alto que a da ponte.

Quem queria entrar no município pela BA-359 ficou impossibilitado com a enchente. As pessoas que moram no bairro Alto São Miguel ficaram ilhadas. Até o momento não houve relatos de feridos. Moradores de Amargosa, Elísio Medrado, Mutuípe, Ubaíra e outras cidades da região também registraram transtorno pelas chuvas.

As chuvas que caíram em Elísio Medrado, fizeram o Rio Caldeirão na chegada da cidade transbordar e causar estragos. O muro de uma casa acabou não resistindo ao grande volume de água e caiu. Ninguém se feriu.

Na zona rural de Laje, um barranco desabou e impediu a passagem de veículos na localidade da Rampa após temporal. Laje e outros municípios do Vale do Jiquiriçá registraram alagamentos, inundações e rios transbordados com as fortes chuvas acompanhada de raios e trovões.

O Rio Corta-Mão transbordou entre Amargosa e São Miguel das Matas. O nível do rio subiu próximo a ponte principal que limita os municípios. A BA-026 ficou interditada no trecho entre Varzedo e o entroncamento de São Miguel das Matas após fortes chuvas. De acordo com o motorista Pedrinho Bispo que passava pelo local, a via ficou obstruída após cair uma árvore no meio da pista e também um barranco ceder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *