Canuto é demitido e Marinho assume Ministério do Desenvolvimento Regional

O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, foi exonerado pelo presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (6). Segundo o decreto, a saída aconteceu a pedido de Canuto.

Rogério Marinho, que atuava como secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, assumirá o cargo. A troca foi publicada em edição extra do “Diário Oficial da União”.

Integrantes do governo afirmaram à GloboNews que Canuto passará a presidir a Dataprev, estatal responsável pelo processamento de dados das aposentadorias. Lá, terá a missão de ajudar a reduzir as filas de pedidos no Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).

Marinho é filiado ao PSDB e, entre 2007 e 2018, foi deputado federal pelo Rio Grande do Norte. Em 2018, foi relator na Câmara dos Deputados da reforma trabalhista enviada pelo governo Michel Temer. Nas últimas eleições, em 2018, ele não conseguiu reeleição para o cargo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *