Cachoeira: Nomeados temporários realizam manifestação contra decisão do Tribunal de Justiça

Na última segunda-feira (23) alguns servidores nomeados pelo prefeito, Tato Pereira (PSDB), realizaram um manifestação na Câmara Municipal de Cachoeira que acabou encerrando a Sessão Ordinária. O tumulto generalizado obrigou o presidente da câmara a encerrar a sessão. Os manifestantes realizaram tal manifestação depois do Tribunal de Justiça expediu no início do mês uma ação civil pública (AQUI) ajuizada pelo Ministério Público do Estado da Bahia-MP contra o prefeito Tato Pereira. De acordo com a Juíza de direito auxiliar, Monique Ribeiro de Carvalho Gomes, Tato estaria realizando nomeações irregulares de servidores públicos, com base nas leis municipais nº 803/2009 e 867/2010. De acordo com a assessoria da câmara de Cachoeira em momento nenhum os vereadores manifestaram apoio à ação e todos eles afirmaram veementemente que não votariam pela revogação da lei por entenderem que isso prejudicaria muitas pessoas.

 

Foto: Ascom Câmara Municipal

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *