Cachoeira: Ministério Público deve intimar prefeito por ignorar Conselho Municipal de Saúde

Membros do Conselho Municipal de Saúde de Cachoeira entraram com uma ação contra o prefeito, Tato Pereira (PSD), pedindo urgente o funcionamento de suas atividades. O Conselho é um órgão deliberativo na formulação e execução da política municipal de saúde. Inclusive nos aspectos econômicos e financeiros, nas estratégias e na promoção e controle social. Segundo consta na ação o Conselho de Saúde de Cachoeira está com suas atividades paralisadas desde de julho de 2019. Ainda de acordo com a ação as eleições dos novos Conselheiros deveriam ter ocorrido na mesma data da Conferência Municipal de Saúde que ocorreu em maio de 2019, no entanto, a prefeitura não colaborou para com a realização do evento. Membros acusam o prefeito de ter cometido diversas irregularidades; desde apreciação de contas, nome irregular do presidente do Conselho no site do Fundo Municipal de Saúde e a negligência do Tribunal de Contas dos Municípios por terem aprovado as contas do gestor sem passar pela fiscalização do Conselho de Saúde. Confira a capa do Processo;

 

Um comentário em “Cachoeira: Ministério Público deve intimar prefeito por ignorar Conselho Municipal de Saúde

  • janeiro 19, 2020 em 8:10 am
    Permalink

    Os Conselhos Municipais são vitais para uma gestão Municipal transparente e em sintonia com a população. Avante Conselho Municipal de Saúde, cumpram sua missão!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *