Cachoeira: Após denúncias vereador Leonardo Boaventura é processado pelo Ministério Público

Nessa quinta-feira (19) o Ministério Público da Bahia abriu processo contra o vereador de Cachoeira, Leonardo Boaventura (PSDB), que vai responder por um suposto crime de suborno. Nos anais do processo consta que o Leonardo Boaventura vai responder por crime de “Improbidade Administrativa e Violação aos Princípios Administrativos. Na última semana o presidente da câmara de vereadores Josmar Barbosa (PRB) usou a tribuna da casa para relatar o suposto golpe que o vereador Leonardo Boaventura queria aplicar para se tornar presidente da câmara de Cachoeira.  No pronunciamento Josmar ainda explica que o prefeito Tato Pereira (PSD) teria prometido a Leonardo apoio só que na verdade estaria acordado com o vereador Ênio Cordeiro,  que fazia parte do grupo.  “O nobre vereador Ênio estava na base do prefeito. O grupo de oposição que era o G6, montou uma estratégia para gente garantir mais um biênio na presidência da Câmara. Nós sabíamos que o prefeito tinha um compromisso com Ênio mas não confiava nele. Na nossa estratégia mostramos a Ênio que o prefeito não iria cumprir o acordo. Prometemos votar no vereador Leonardo, que nos ofereceu 30 mil e ainda 2 mil por mês. Conseguimos provar ao vereador Ênio que ele estava sendo usado como remédio. E o nobre vereador (Leonardo) que nunca jogou xadrez, só joga dominó e dama, perdeu a parada. No momento certo eu fui eleito presidente da câmara”, disse Josmar. O presidente ainda destacou que com a derrota do prefeito Tato na eleição da Santa Casa mostrou a quinta derrota do grupo. ” A sexta derrota deles vai vim em 2020. Eles já sabem que vão perder. Eliana, minha esposa, é pré-candidata a prefeita e nosso grupo tem vários vereadores, o empresário Edson Pereira. E desse grupo vai sair o candidato a prefeito de Cachoeira”, justificou o presidente. Veja a cópia do processo:

Foto: Ascom Câmara de Cachoeira

Um comentário em “Cachoeira: Após denúncias vereador Leonardo Boaventura é processado pelo Ministério Público

  • dezembro 20, 2019 em 3:28 pm
    Permalink

    Povo da minha querida Cachoeira, não votem mais nos Pereiras e nos candidatos apoiados por eles, para o bem da nossa cidade.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *