Bahia pega o Botafogo-PB e tenta avançar às quartas na liderança

Atual campeão e o clube que mais investiu no elenco para esta temporada, o Bahia – também o único vencedor de Campeonato Brasileiro entre todos os participantes – corre o risco de ser eliminado já na primeira fase da Copa do Nordeste.

Esta é a parte preocupante da história que se apresenta no jogo desta quinta-feira, 28, às 21h45, em João Pessoa, contra o Botafogo-PB, pela última rodada antes do mata-mata do torneio. E não se trata de uma improvável possibilidade de tragédia. O Tricolor pode ficar de fora com dois dos três resultados existentes: se perder para o líder do Grupo C, bastaria ao Náutico derrotar o já eliminado Globo; já em caso de empate, o Timbu teria que vencer por, no mínimo, quatro gols de diferença.

A parte boa disso tudo é que o único resultado que interessa à equipe lhe dará, além da classificação, a liderança – o que garantirá a vantagem de decidir em casa nas quartas de final, e contra um adversário teoricamente mais fraco (o segundo colocado de uma das outras três chaves).

Para reunir forças em busca do crucial triunfo, mesmo com a proximidade do primeiro Ba-Vi da final do Baianão, neste domingo, o técnico Guto Ferreira não poupará atletas. Ao contrário do que fez Vagner Mancini no Vitória – na terça-feira, contra o Globo – com a contrapartida de que a classificação rubro-negra estava praticamente consumada antes da partida, Guto usará o que tem de melhor.

A única exceção quanto a poupados é um jogador que nem é titular. Voltando de lesão, mas já liberado para atuar, o lateral direito João Pedro ficará em Salvador se condicionando para o clássico – no qual ele vai jogar no lugar de Nino Paraíba, suspenso.

O único desfalque entre os 11 preferidos de Guto Ferreira será o zagueiro Lucas Fonseca, substituído no embate do último domingo, com a Juazeirense, pelas semifinais do estadual. Com um incômodo no músculo adutor da coxa, trata do problema na fisioterapia também visando ao Ba-Vi. A chance é boa de ele estar em campo na Fonte Nova. Nesta quinta, quem fica com sua vaga é Douglas Grolli.

De resto, a equipe deverá ser a mesma que começou no 3 a 0 sobre o Cancão de Fogo, com Nino na direita e o garoto Marco Antônio no ataque.

12 mil garantidos

Apesar do caráter decisivo do jogo desta quinta, é impossível não pensar no clássico de domingo. Tanto é que, mesmo com o porém do feriadão da Semana Santa, já se garantiram 12 mil pessoas na Fonte no primeiro dia aberto para vendas, e apenas pela internet.

Nesta quinta-feira, começa a comercialização nos pontos físicos (Fonte Nova e shoppings). A promoção a R$ 10, no entanto, só vale para a venda pelo site da Arena.

Jogo 100

A partida desta noite será a de número 100 de Edigar Junio pelo Bahia, clube que defende desde 2016: “É muito gratificante alcançar essa marca, e espero que se expanda cada vez mais”.

Proposta de mudança

Em reunião em Recife com dirigentes de Bahia, Vitória, Santa Cruz, Sport, Náutico, Ceará e Fortaleza, foram discutidas possíveis mudanças no formato da Copa do Nordeste já para 2019.

Presidente do Bahia, Guilherme Bellintani fez proposta de torneio com 10 times se enfrentando numa 1ª fase só com jogos de ida, seguida de semifinal e final. Além das equipes da reunião, ABC, Sampaio e CRB entrariam pelas posições no Ranking da CBF. Haveria também uma divisão de acesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *