Auxílio-moradia a juízes já custou R$ 4 bi aos cofres públicos

Estendido a todos os juízes do país em 2014 pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), o auxílio moradia já custou aos cofres públicos R$ 4 bilhões. O fim do benefício pago a funcionários do Judiciário e do Legislativo resultaria em uma economia de R$ 1,6 bilhão ao ano.

Os dados são de um estudo realizado pela Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira da Câmara dos Deputados. A Casa de leis do país discute uma proposta para limitar o benefício.

No STF, o julgamento da ação que também pode limitar a concessão do auxílio está previsto para ocorrer no próximo dia 22.

No Legislativo, o relator do projeto é o deputado Rubens Bueno (PPS-PR). “Com uma simples mudança no sistema de pagamento, esse R$ 1,6 bilhão poderia ser muito mais bem empregado na melhoria de infraestrutura nos municípios ou mesmo na ampliação do programa Bolsa Família”, disse o relator ao jornal O Estado de S. Paulo.

Atualmente, a média dos valores pagos é de R$ 4.377,73, sendo que na Câmara o auxílio pago aos deputados sem direito a apartamento funcional é de R$ 4.253 e no Senado a verba oferecida aos parlamentares é de R$ 5.500.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *