Adsumus: Após Ricardo Machado, STJ concede habeas corpus para dois empresários envolvidos

Os empresários Manoel de Andrade Barreto e Jonas Lopes Porto, presos na Operação Adsumus, foram soltos nesta terça-feira (27). Habeas corpus – baseados no mesmo fundamento que colocou em liberdade o ex-prefeito de Santo Amaro Ricardo Machado – garantiram a soltura dos dois. Barreto e Porto são investigados no eixo Festas, um das cinco frentes da Adsumus, deflagrada pelo Ministério Público do Estado (MP-BA).

A operação investiga desvios de recursos em contratos da prefeitura de Santo Amaro com empresas durante o mandato de Ricardo Machado [2012 a 2016]. Os habeas corpus desta terça foram concedidos pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Nefi Cordeiro. Ainda estão foragidos Paulo Vasconcelos, representante de uma locadora de veículos, e Jonaldo Campos, primo de Ricardo Machado, dado como “braço direito” do ex-prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *