Robinho é condenado por estupro coletivo em segunda instância na Itália

A Justiça italiana confirmou nesta quinta-feira (10), que o jogador Robinho foi condenado a 9 anos de prisão em segunda instância por estupro coletivo de uma jovem em 2013. O julgamento ocorreu na Itália, em um colegiado formado por três juízas. A defesa do atleta irá recorrer à chamada Corte de Cassação, equivalente ao STF aqui no Brasil.

A pena foi confirmada pelo advogado do atleta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *