Santo Amaro: Promotor ganha ação contra empresário envolvido na Operação Adsumus

Integrantes do Grupo de Apoio Especial de Combate à Organizações Criminosas do Ministério Público do Estado (GAECO), os promotores João Paulo Shoucair e Aroldo Pereira derrotaram o empresário Roberto Santana, dono da construtora Grautech, na quebra de braço judicial originada na Operação Adsumus. Apontado como beneficiário do esquema de corrupção na prefeitura de Santo Amaro, Santana moveu ação penal contra a dupla responsável pelo caso por supostas irregularidades na investigação, mas a tese foi rejeitada pelo presidente do Supremo, Ministro Luiz Fux.  A Operação Adsumus teve como objetivo reprimir delitos contra a administração pública, lavagem de dinheiro, licitações e contratos fraudulentos praticados entre os anos de 2012 e 2016, tanto na prefeitura de Santo Amaro, quanto na de Muritiba. O esquema que teria desviado cerca de R$ 20 milhões da prefeitura de Santo Amaro, e que segundo o Ministério Público teve o ex-prefeito Ricardo Machado como um dos integrantes do esquema.

O promotor do MP baiano João Paulo Shoucair é também coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Já o Procurador do MPF baiano João Paulo Lordelo foi escolhido pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para a comissão de Juristas que fará o texto da reforma da Lei Antilavagem.

Fonte: Correio*

Foto: Divulgaão/MP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *