Investigações em operações como Adsumus devem ser retomadas nos próximos dias

O novo coordenador do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Bahia (MP-BA) o promotor de Justiça João Paulo Schoucair, colocou como uma das prioridades no seu posto reativar investigações evolvendo corrupção e desvios de verbas públicas que ficaram travadas nos últimos anos. Na possível lista dessas operações estão a Inmobillis, Faroeste e a Adsumus. Schoucair foi um dos responsáveis pela realização da Operação Adsumus na Bahia, tendo como um dos alvos o ex-prefeito de Santo Amaro, Ricardo Machado.
Colegas de João Paulo no Ministério Público, tido como um dos mais destacados nomes da nova geração de promotores de justiça garantem que ele vai acelerar o passo desde já sobre grandes casos colocados em stand by no Gaeco sem motivos aparente. A notícia foi confirmada na publicação da coluna satélite do Correio dessa segunda-feira.

Correio*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *