Mercado Livre vai implantar Centro de Distribuição na Bahia

A plataforma E-comerce “Mercado Livre” anunciou que vai abrir na Bahia o seu primeiro Centro de Distribuição (CD) no Nordeste. A unidade será instalada em Lauro de Freitas e irá gerar 500 empregos diretos quando estiver funcionando com sua capacidade completa.

Esse é Centro de Distribuição do Mercado Livre no Brasil e ocupará uma área de 35 mil metros quadrados. A empresa pretende investir no país R$ 4 bilhões até o final deste ano.

A implantação na Bahia contou com o apoio do governo estadual, através das Secretarias de Desenvolvimento Econômico (SDE), do Planejamento (Seplan) e da Fazenda (Sefaz).

“É um orgulho saber que teremos um CD deste porte na Bahia e que será o primeiro do Nordeste. A atração deste investimento é fruto de um trabalho em equipe que planeja e executa ações pensando no desenvolvimento do estado e na geração de emprego e renda para o povo baiano”, comemorou o vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico.

O secretário do Planejamento, Walter Pinheiro, destacou que a Bahia possui diversas vantagens logísticas para o escoamento da carga de forma mais rápida. “Apresentamos para o Mercado Livre também os projetos de expansão dos diversos modais aqui na Bahia. Portanto, a decisão de implantar esta unidade em nosso estado com certeza foi acertada”, explicou Pinheiro.

O Mercado Livre responderá por todo processo logístico do vendedor do marketplace (plataforma de vendas com vários fornecedores inscritos), do estoque de produtos ao pós-venda. A depender do horário da compra, será possível receber os produtos no mesmo dia ou no dia seguinte em Salvador.

As encomendas para Recife devem chegar em até um dia. O objetivo do Mercado Livre, além de entregar mais rapidamente no Nordeste, é aumentar as oportunidades de frete grátis na região.

“Buscamos realizar entregas ainda mais rápidas e a preços menores, além de ajudar os empreendedores locais a ter uma opção de logística premium sem terem que investir para isso. Esse movimento está diretamente ligado ao nosso compromisso de democratizar o e-commerce e contribuir para que nossas ações se reflitam em toda a cadeia de valor envolvida”, declarou o vice-presidente de Mercado Envios para a América Latina, Leandro Bassoi.

Em parceria com o Instituto Aliança, a companhia executará um programa social voltado para a educação e a empregabilidade de 120 jovens da região de Lauro de Freitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *