Rodrigo Maia divulga declara apoio a Glenn Greenwald e ataca vazamentos de agentes públicos

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), divulgou um vídeo onde defende a atuação do jornalista Glenn Greenwald e do site Intercept Brasil, ao mesmo tempo em que ataca os vazamentos de mensagens de agentes públicos, por hackers.

O material gravado, e divulgado pela coluna da jornalista Mônica Bergamo, no site da Folha de S.Paulo nesta terça-feira (30), foi produzido para um evento de apoio a Glenn, organizado pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI).

“Passamos a viver uma grande polêmica depois da prisão do tal hacker. Sobre a questão dos dados. De quem é a responsabilidade. Tem uma questão que é a base desse debate, que é o sigilo da fonte”, diz Maia no vídeo.

O presidente da Câmara defende a liberdade de imprensa, lembrando que o sigilo da fonte é um direito garantido pela Constituição. “No país, no nosso Brasil democrático, no nosso estado democrático de direito, o sigilo da fonte é um direito constitucional. A partir daí, temos que discutir, de fato, um hacker que pegou de forma ilegal, ilícita, criminosa, dados de terceiros. [Ele] precisa ser punido. Investigado, descoberto, e aí sim, punido”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *