Bolsonaro quer aprovar no próximo ano projeto para instituir voto impresso

O presidente Jair Bolsonaro disse que articulará com aliados pela aprovação de um projeto de lei para instituir o voto impresso no começo de 2020.

A ideia é antiga: em 2015, ainda como deputado federal, Bolsonaro apresentou uma emenda ao projeto de lei da minirreforma eleitoral pelo voto impresso.

O chefe do Palácio do Planalto usou as suspeitas de fraude na eleição da Bolívia para ressuscitar a proposta, contra a qual já se colocou o Supremo Tribunal Federal (STF), em junho do ano passado. A votação no país vizinho foi realizada em cédulas de papel.

“O estopim [na Bolívia] foi a suspeita, ou certeza, de fraude nas eleições. Um ensinamento para nós. Tenho falado com alguns líderes, vou potencializar isso, para que a gente possa votar no começo do ano que vem, se Deus quiser, um projeto de lei para que seja possível auditar uma eleição”, anunciou o presidente, em vídeo no Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *