Intercept: Moro passou por cima de MPF e ordenou ações diretas com PF na Lava Jato

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, quando era juiz ordenava ações da Polícia Federal mesmo sem pedido do Ministério Público Federal, o que é ilegal. A revelação foi divulgada neste sábado (19) pelo site The Intercept Brasil. Segundo áudios obtidos pelo veículo de imprensa, Moro não somente conspirou com os procuradores da força-tarefa da Lava Jato, como também, desde o começo da operação, ordenou operações da Polícia Federal.

As provas aparecem em chats de grupos da Lava Jato no Telegram. O ex-juiz era apelidado de Russo pelos integrantes da Lava Jato. “Russo deferiu uma busca que não foi pedida por ninguém…hahahah. Kkkkk”, escreveu o delegado da PF Luciano Flores, em fevereiro de 2016, no grupo Amigo Secreto. “Como assim?!”, respondeu Renata Rodrigues, outra delegada da PF trabalhando na Lava Jato. Em resposta, Flores diz ao grupo: “Normal… deixa quieto…Vou ajeitar…kkkk”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *