Cachoeira: Provedor da Santa Casa desafia deputado Alan Castro

Após matéria publicada (aqui) onde o deputado estadual, Alan Castro (PSD), criticou a situação da Santa Casa de Cachoeira e a administração do provedor, em resposta Luiz Araújo desafiou o deputado. “O Deputado Alan deveria aconselhar a seu parente Secretario de Saúde de Cachoeira e o atual Prefeito não ter feito um convênio com a Santa Casa de Cachoeira repassando 30 mil reais, para que o ex-provedor entregasse de volta na casa do Secretario de Saúde a importância de 10 mil reais em dinheiro. Ao que me consta, o Ministério Público Federal determinou apuração através da Polícia Federal por indício de crime de peculato e também falsificação de recibos em nome da Santa Casa de Cachoeira. Será que o atual Provedor é incompetente porque denunciou esse esquema?”, afirmou Araújo. De acordo com o provedor o Hospital da Santa Casa de Cachoeira em apenas 3 meses, realizou mais do total de cirurgias que a Secretaria de Saúde de Cachoeira indicou através da PPI – Programação Pactuação Integrada, que foi de 119 cirurgias por ano, ao valor de R$ 327,00 por cada cirurgia. Luiz Araújo ainda pediu para o deputado Alan mostrar o que ele tem feito no mandato para melhorar a saúde em Cachoeira. “Deputado, use seu mandato, para fazer o que o Ex Secretario e atual Deputado Jorge Solla fez, investindo um milhão e duzentos mil reais para evitar o fechamento do Hospital da Santa Casa de Cachoeira, inclusive evitou que o telhado caísse. Também, siga o exemplo da deputada Fabíola Mansur que determinou 220 mil reais de sua emenda parlamentar para a SESAB adquirir equipamentos hospitalares, os quais a maioria já encontram-se no almoxarifado da SESAB para que seja entregue à Santa Casa de Cachoeira. Siga o exemplo do deputado federal Mario Negromonte Júnior que determinou 500 mil reais de emenda parlamentar para custeio do Hospital, a qual, está sendo superado os entrave burocráticos em função da regulamentação que orienta o processo de liberação e transferência via POA – Plano Operativo de Aplicação constando no contrato”, afirmou Araújo. O provedor ainda finalizou desafiando o deputado Alan. “Estou à inteira disposição para debater com o Senhor Medico e Deputado o tema sobre GESTÃO HOSPITALAR, como também, a crise do Sistema Único de Saúde com seu subfinanciamento da TABELA DO SUS”, disse Luiz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *