Vida e obra do líder espírita Divaldo Franco vira filme e tem pré-estreia em Salvador

A vida do líder espírita Divaldo Franco, reconhecido como um dos maiores médiuns e oradores espíritas da atualidade, virou filme e vai estrear no dia 12 de setembro. Uma sessão especial de pré-estreia marcou a noite desta segunda-feira (26), em Salvador, com a presença de Divaldo.

O filme “Divaldo mensageiro da paz” passa por três fases da vida do líder espírita. “É uma experiência fascinante. Não se trata exatamente de uma biografia, mas de um documentário a respeito de fenômenos que podem acontecer com todas as pessoas”, avaliou Divaldo.

O longa é dirigido por Clóvis Mello, e conta momentos importantes da vida do baiano, como a relação delicada com o pai, e a descoberta da mediunidade.

“São três Divaldos. Um numa fase bem pequena. Ele criança, quando teve as manifestações espíritas. Depois jovem, com 20 e poucos anos, quando funda a Mansão do Caminho. E depois na fase adulta, quando vai lançar o primeiro livro dele psicografado, que foi nessa fase mais ou menos de 38 a 40 anos”, disse o diretor.

Em uma das fases, Divaldo será interpretado pelo ator Guilherme Lobo, de 24 anos. “É um privilégio. Primeiro, poder interpretar alguém com uma existência tão importante para a sociedade, não só brasileira. É um exemplo de caridade, um exemplo de dedicação e de amor ao próximo”, ponderou.

Revendo a própria história contada no cinema, Divaldo Franco se emocionou a todo momento. “Reservo imensamente a gratidão a todos que têm tido paciência e tolerância, e me têm ajudado a levar adiante a tarefa que o Cristo trouxe para o mundo, para que nos amássemos”, disse.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *