Conselho de Enfermagem pede a Justiça Federal suspensão do concurso de Cachoeira

No último dia 22/03 o Conselho Regional de Enfermagem da Bahia, através da Procuradoria Geral, ajuizou ação civil pública na 16ª Vara Federal Cível da SJBA com pedido de tutela antecipada contra o município de Cachoeira. O processo trata da suspensão do concurso público do último edital nº 01/2019.

O motivo da ação é sobre o vencimento e carga horária semanal destinados ao cargo de enfermeira (o) de Programa de Saúde da Família (PSF) que, segundo o procurador geral, o advogado Saulo Noaves, está em desacordo com o Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem (Resolução Cofen 564/2017).

“Com o valor estabelecido nesse edital, a(o) profissional terá que possuir mais de um vínculo empregatício, o que acarretará sobrecarga de trabalho, fadiga e estresse, cenário que aumenta em muito a probabilidade de erro e consequente dano ao paciente”, comentou Saulo Novaes.

Veja o teor da ação:

Um comentário em “Conselho de Enfermagem pede a Justiça Federal suspensão do concurso de Cachoeira

  • março 30, 2019 em 10:44 pm
    Permalink

    Não pode suspender todo concurso por. Se existe falhas no edital para o cargo de enfermeira, que apenas este cargo seja suspenso.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *