Banco de Castro Alves não têm previsão de reabertura após assalto

Uma das agências explodidas durante assalto na cidade de Castro Alves não tem previsão de retorno a seu funcionamento. Segundo nota do Banco do Brasil, responsável pela agência,  a dependência passará por um processo de reconstrução antes de sua reabertura.

O assalto aconteceu na última terça-feira e também atingiu uma agência da Caixa Econômica Federal. A Polícia foi acionada e, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP) os bandidos conseguiram fugir após atirar contra a Polícia e queimar um carro no caminho. Moradores da cidade informaram que houve tiro das 2h até as 4h da manhã.

Relembre o caso
Caixas eletrônicos de agências bancárias da cidade de Castro Alves, no Recôncavo da Bahia, foram explodidos por criminosos durante a madrugada da última terça-feira (6). Por volta das 2h, os ataques foram iniciados. Além dos bancos, os bandidos atearam fogo em veículos e fizeram barreiras nas ruas de acesso às agências para evitar a aproximação da polícia.

A SSP-BA informou, em nota, que o Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) investiga a explosão de caixas eletrônicos do Banco do Brasil, na cidade de Castro Alves.

Dados dos Sindicatos dos Bancários da Bahia indicam que até a última segunda-feira (5) haviam sido registrados 47 ataques a instituições bancárias da Bahia. Com esses dois de Castro Alves, o número sobe para 49.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *