Adsumus: Liberdade de Hildecarlos e Leo Pacheco serão avaliadas pelo Ministério Público

O desembargador Julio Cezar Lemos Travessa, do Tribunal de Justiça da Bahia, remeteu dois pedidos de habeas corpus no âmbito da Operação Adsumus para análise da procuradora-geral de Justiça, Ediene Louzado, chefe do Ministério Público estadual. O primeiro trata do pedido de liberdade feito pela defesa do empresário Hildecarlos Seixas de Souza, acusado de cometer crime contra a Lei de Licitações em contratos de aluguel de máquinas e veículos com a prefeitura de Santo Amaro. O segundo tem como paciente o ex-vice prefeito da cidade Leonardo Pacheco (PSB), réu em uma ação por peculato e também preso pela Adsumus com a participação do prefeito Ricardo Machado que também está preso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *