Vitória tem cinco reforços e três desfalques para jogo contra o Inter, nesta quarta

Não há muito tempo para lamentar a perda do título baiano. É hora de virar a chave e se concentrar na Copa do Brasil. Na quarta-feira (11), o Vitória enfrenta o Internacional, às 19h30, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, no jogo de ida da quarta fase do torneio nacional. Com cinco reforços, o duelo é uma boa oportunidade para alegrar a torcida após a derrota por 1×0 para o rival Bahia na final do Campeonato Baiano, domingo (8), no Barradão.

O zagueiro Kanu, os meias Yago e Rhayner e o atacante Denílson estão de volta ao time. Eles foram suspensos por oito jogos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por terem participado da briga registrada no primeiro Ba-Vi da temporada, no dia 18 de fevereiro. Como a punição só é válida no estadual, o quarteto está livre para atuar. O restante da pena será cumprido na edição 2019, por quem disputar o campeonato.

O zagueiro Ramon também está à disposição. Assim como os demais, ele foi suspenso pelo STJD, só que por ter participado do encerramento antecipado da mesma partida. A pena, de apenas um jogo, foi cumprida na partida de volta da final, no Barradão.

Yago, Rhayner e Denílson entraram em campo pela última vez no dia 27 de março, quando participaram do triunfo por 3×1 contra o Globo, pela Copa do Nordeste. Yago e Denílson, inclusive, foram os responsáveis pelo placar. O atacante balançou a rede uma vez e o meia anotou dois gols.

Dos quatro, o zagueiro Kanu é o que está há mais tempo longe dos gramados. O julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD-BA), anterior ao do STJD, também o puniu com 90 dias de suspensão. A pena foi retirada pelo STJD, mas, antes disso, ele ficou fora de quatro jogos: contra ABC, Ferroviário e Globo, pela Copa do Nordeste, e contra o Bragantino, pela Copa do Nordeste.

“Vamos procurar fazer um grande jogo fora de casa para conquistarmos um ótimo resultado diante do Internacional, que tem uma equipe forte, de qualidade. Não podemos vacilar durante os 90 minutos. Temos que fazer um jogo de muita intensidade para sairmos de lá com um bom resultado”, afirma Kanu. “Estamos muito motivados para passarmos de fase e continuarmos vivos na Copa do Brasil. Vamos lutar muito por isso”.

O jogo de volta contra a equipe gaúcha será no dia 19 de abril, às 19h15, no Barradão. Vale lembrar que, nesta edição, o gol fora de casa não é mais critério de desempate. Portanto, em caso de empate na soma dos placares, a decisão da vaga será nos pênaltis. O classificado avança para as oitavas de final.

Baixas e provável time
Apesar dos reforços, o Vitória não terá três jogadores contra o Internacional. O atacante Neilton, com uma contusão na coxa, o volante Fillipe Soutto, com uma lesão no joelho direito, e o meia Luan, com um edema na coxa, estão vetados pelo departamento médico. Também machucados, o lateral Bryan e o atacante André Lima seguem fora.

Como de praxe, o treino desta terça-feira (10) foi fechado à imprensa na Toca do Leão. Um possível time titular tem Fernando Miguel, Rodrigo Andrade (Lucas), Kanu, Ramon e Juninho (Pedro Botelho); Uillian Correia, José Welison (Rodrigo Andrade), Yago, Baumjohann e Rhayner; Denílson.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *