Inscrições para concurso da Polícia Civil da Bahia terminam hoje

crições para o concurso da Polícia Civil da Bahia foram prorrogadas até o dia 9 de março, segundo informações da Secretaria da Administração do Estado (Saeb), responsável pelo certame. Antes da prorrogação, o prazo para inscrições terminaria nesta sexta-feira (2).

Com a mudança na data de inscrições, o novo prazo para pagamento do boleto, procedimento que valida a participação do candidato, se estenderá até o dia 12 do mesmo mês. A prorrogação não irá alterar o cronograma de atividades do concurso.

Os candidatos que vão concorrer a uma das vagas de delegado precisam ter diploma de conclusão do curso de bacharelado em Direito, devidamente registrado e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Já os interessados em disputar os cargos de investigador ou de escrivão é exigido diploma de conclusão de curso superior (em qualquer área), devidamente registrado no MEC. Os investigadores deve possuir também Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida, categoria B, no mínimo.

A remuneração inicial para os delegados, com regime de trabalho de 40 horas semanais, atingirá o valor de R$ 11.389,96. Já os investigadores e escrivães terão remuneração inicial de R$ 3.915,85, em regime de 40 horas semanais.

Das 880 vagas para o cargo de investigador, 572 serão para ampla concorrência, enquanto 264 vão ser para candidatos negros, conforme a Lei Estadual 13.182/2014, que garante 30% do total para a para cota racial. Outras 44 vagas de investigador serão reservadas para pessoas com deficiência, de acordo com a Lei Estadual 12.209/2011.

Para delegados, vão ser 53 vagas para ampla concorrência, 25 para negros e quatro para pessoas com deficiência. Já para escrivães serão 25 para ampla concorrência, 11 para negros e duas para pessoas com deficiência.

Requisitos 
Os candidatos que vão concorrer a uma das vagas de delegado precisam ter diploma de conclusão do curso de bacharelado em Direito, registrado e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Já para os interessados em disputar os cargos de investigador ou de escrivão de polícia é exigido diploma de conclusão de curso superior (em qualquer área), também registrado no MEC. Os investigadores deve possuir também Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida, categoria B, no mínimo.

A remuneração inicial para os delegados de polícia, com regime de trabalho de 40 horas semanais, atingirá o valor de R$ 11.389,96. Já os investigadores e escrivães de polícia terão remuneração inicial de R$ 3.915,85, em regime de 40 horas semanais.

Das 880 vagas para o cargo de investigador, 572 serão para ampla concorrência, enquanto 264 vão ser para candidatos negros, conforme a Lei Estadual 13.182/2014, que garante 30% do total para a para cota racial. Outras 44 vagas de investigador serão reservadas para pessoas com deficiência, de acordo com a Lei Estadual 12.209/2011.

Para delegados, vão ser 53 vagas para ampla concorrência, 25 para negros e quatro para pessoas com deficiência. Já para escrivães serão 25 para ampla concorrência, 11 para negros e duas para pessoas com deficiência.

Etapas
O certame possuirá sete etapas, sendo seis eliminatórias. Primeiro serão realizadas as provas objetivas (1ª etapa-eliminatória) e as provas discursivas (2ª etapa-eliminatória), depois os exames biomédicos (3ª etapa-eliminatória), o teste de aptidão física (4ª etapa-eliminatória), o exame psicotécnico (5ª etapa-eliminatória), a prova de títulos (6ª etapa-classificatória) e a investigação social e de conduta pessoal (7ª etapa-eliminatória).

Edital já disponível

Já está disponível nesta sexta-feira, 19, o edital do concurso para a Polícia Civil da Bahia. O anúncio da seleção foi feito nesta quinta, 18, pelo governador Rui Costa. Ao todo, são 1.000 vagas, sendo 880 para investigador, 82 para delegado e 38 para escrivão. As contratações devem ocorrer ainda este ano.

Das 880 vagas para o cargo de investigador, 572 serão para ampla concorrência, 264 para candidatos negros e 44 para pessoas com deficiência. Para a função de delegado, são 53 chances para ampla concorrência, 25 para negros e quatro para pessoas com deficiência. Já para escrivão, são 25 oportunidades para ampla concorrência, 11 para negros e dois para pessoas com deficiência.

As inscrições começam às 9h do dia 1º de fevereiro e seguem até 2 de março. Para participar, os candidatos devem acessar o site da Fundação Vestibular da Universidade Júlio de Mesquita Filho (Vunesp) e preencher o formulário. A taxa de inscrição custa R$ 160 para delegado e R$ 140 para os cargos de investigador de polícia e escrivão.

Cargos

A pessoa que optar pela carreira de delegado deve possuir o diploma de conclusão do curso de bacharelado em direito, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). A remuneração inicial, por regime de trabalho de 40 horas semanais, é de R$ 11.389,96.

Para os cargos de investigador e escrivão, será exigido diploma de conclusão de curso de nível superior em qualquer área, também reconhecido pelo MEC. A função de investigador também exige Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida, no mínimo em categoria B.

A remuneração para os dois cargos será de R$ 3.915,85, também em regime de 40 horas semanal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *