Contra o xará de Conquista, Vitória busca desbancar o líder do Baianão

Na primeira rodada do Campeonato Baiano ninguém foi melhor que o Vitória da Conquista. Três gols marcados, um sofrido, triunfo e saldo de gols que renderam ao Bode a liderança da competição. Esse será o desafio do Vitória, o da capital, na segunda rodada do Baianão. As equipes se enfrentam nesta quarta-feira, 24, às 20h45, no Estádio Lomanto Júnior, em Conquista.

Se por um lado o Vitória da Conquista estreou bem e é apontado como uma das forças do interior, por outro o Rubro-Negro tem o retrospecto a seu favor.

Em 20 jogos, são apenas duas derrotas para a equipe do interior, ambas no já distante ano de 2008, quando o Leão terminou como campeão estadual e o Bode ficou com o histórico terceiro lugar.

O ano de 2008 foi marcante quanto aos duelos entre os Vitórias. Além dos triunfos do Conquista, houve ainda outros dois empates, um deles com direito a dez gols (5 a 5), no quadrangular final da competição. Nesta terça, antes do embarque para Conquista, Fillipe Soutto alertou para o bom momento vivido pelo adversário.

“Um jogo que requer mais atenção, principalmente pelo momento que a equipe deles vive, que é um momento bom”, avaliou o volante.

Titular nas duas partidas do Leão na temporada, Soutto destacou a vantagem física da equipe do interior, mas não isentou o Vitória da missão de vencer o jogo.

“Começamos a pré-temporada depois deles, então, temos que respeitar nossos limites, mas sabendo que, por sermos uma equipe grande, temos uma responsabilidade grande também”, explicou.

Com o elenco enxuto, Mancini já avisou que não vai revezar o time. Nesta seman,a o treinador ganhou mais três nomes: Cedric, Flávio e Luan, que disputavam a Copa São Paulo e foram integrados ao elenco principal, mas nenhum deles foi relacionado para quarta.

Já Tréllez e Rafaelson viajaram com o time. O primeiro recebeu proposta do São Paulo, mas a forma de pagamento apresentada pelos paulistas não agradou a diretoria do Leão. Já o segundo deve deixar o clube para jogar no futebol japonês. O empresário do atleta confirmou a transferência, mas o Vitória ainda não se manifestou sobre o assunto.

Depois de repetir a escalação nas duas primeiras partidas do ano, a tendência é que o Leão entre em campo com o mesmo time mais uma vez.

Uma possível novidade seria o retorno de Juninho aos titulares. Assim, o Leão teria: Fernando Miguel; Lucas, Kanu, Wallace e Bryan (Juninho); Uillian Correia, Fillipe Soutto, Yago e Kieza; Neilton e Tréllez.

Coração Valente

Não adianta olhar para o campo. É no banco de reservas que está o principal nome do Vitória da Conquista. O ex-jogador Washington, conhecido como Coração Valente, encara o desafio de ser treinador pela primeira vez na carreira.

Entre os comandados estão nomes como Tatu e Caça Rato, o CR7 do Nordeste. Na estreia, no entanto, quem brilhou foi Beleu, autor de dois gols. O meia, que defendeu o América-RN no ano passado, foi contratado para esta temporada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *