Catamarã bate em baleia e sofre danos na estrutura durante travessia

Um catamarã bateu em uma baleia, na Baía de Todos-os-Santos, durante a travessia entre Morro de São Paulo e Salvador nesta segunda-feira, 11. Imagens enviadas por leitores mostram tripulantes retirando água de dentro da embarcação. O nível da água fez com que sandálias ficassem boiando no catamarã.

Ninguém ficou ferido, mas os passageiros ficaram assustados e usaram coletes salva-vidas. O acidente acontece menos de um mês após uma lancha naufragar durante a travessia entre Salvador e Mar Grande, matando 19 pessoas.

Segundo Lidiane Veríssimo, uma turista cearense que estava a bordo do catamarã, em entrevista à TV Record, apesar do susto, os dois tripulantes conseguiram manter o controle e acalmar os passeiros. “Foi um susto muito grande. Tô nervosa até agora. A baleia bateu duas vezes no barco. Os marinheiros ficaram tirando água do barco o tempo todo. Todos rezando e orando, pedindo a Deus que nos salvasse. Os dois marinheiros acalmaram a gente”, disse.

O acidente aconteceu perto de Caixa Prego. Por conta da colisão, houve danos na estrutura do catamarã, batizado com o nome “Farol do Morro”, que passou a navegar mais devagar, atrasando o desembarque na capital baiana, que estava previsto para às 11h30. A embarcação chegou ao píer da Capitania dos Portos de Salvador por volta das 13h.

De acordo com outro turista, identificado Ronaldo Rocha, de Fortaleza, a baleia bateu na frente e embaixo do barco, danificando um dos motores. “Ela bateu duas vezes e um dos motores desligou com a batida”.

A Associação dos Transportadores Marítimos da Bahia (Astramab) confirmou que um dos motores da embarcação foi danificada no acidente.

Duas lanchas da Capitania dos Portos escoltaram o catamarã até o porto de Salvador.

Cerca de 30 passageiros estão na embarcação, que tem capacidade para 47 pessoas. Os catamarãs são usados normalmente por turistas que vão passear em Morro de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *