Ex-prefeito de Cachoeira contesta acusações do atual gestor

Na última sexta-feira (18) o prefeito de Cachoeira, Tato Pereira (PSDB), usou a rádio Paraguassú FM para criticar a atuação do antigo gestor (seu sobrinho) Carlos Pereira (PP). O prefeito afirmou que assumiu uma Prefeitura falida e que durante os primeiros meses de governo executou ações para arrumar o Poder Executivo, principalmente as contas do município. Com um discurso de campanha eleitoral Tato disse ainda que partir desde mês todas as comunidades serão beneficiadas por melhorias, atendendo reivindicações da própria sociedade. “Infelizmente teremos que refazer tudo que foi feito na gestão anterior e que Carlos não tinha cuidou das coisas como deveriam”, destacou o prefeito.Tato afirmou em tom irônico que a gestão passada deixou uma marca na cidade, a marca de irresponsabilidade.

Já o ex-prefeito Carlos Pereira (PP) rebateu todas as acusações do atual gestor. Em nota enviada a nossa redação Carlos destacou que: “Não é verdade que deixei o município falido, como tem propagado o atual gestor. Encerrei o meu mandato deixando a prefeitura em situação bem melhor do que encontrei em janeiro de 2013. Deixei em contas bancárias mais de R$ 2 milhões; não deixei nenhuma despesa sem receita; salários pagos em dia, bem como o 13º de todos os servidores, o que pode ser comprovado com a documentação da minha prestação de contas. Posso afirmar que honrei com todos os meus compromissos do mandato.Durante os quatro anos da minha gestão  foram realizadas importantes intervenções no município, atendendo às necessidades da população da sede e da zona rural. Foram mais de 200 obras, executadas com qualidade, a exemplo da requalificação da Quadra Municipal, do Campo da Manga, estrada do Capoeiruçu, sistema de abastecimento de água, requalificação do Mercado Municipal e da Feira Livre, requalificação de todas as unidades de saúde do município, construção da ponte da Embiara de Baixo, implantação do SAMU e do Centro de Capacitação Profissional, construção de uma creche modelo no bairro da Matinha, quadras poliesportivas, quatro academias de ginástica ao ar livre, Sala de Estabilização do Iguape, calçamento de rua e construção de praça no povoado do Ponto Certo, calçamentos nas localidades Capoeiruçu, Iguape, São Francisco, aquisição de ambulâncias, construção de praça esportiva no bairro do Tororó, quadra poliesportiva no povoado do Quebra Bunda entre outros. Portanto, ao contrário do que foi dito, o meu Governo foi marcado pela civilidade ética e responsabilidade administrativa e Fiscal”, destacou o ex-prefeito. Mostrando total confiança nas suas respostas o ex-prefeito Carlos afirmou ainda provar com todos os documentos necessários que comprovam suas afirmações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *