Prefeito de Santo Amaro responde questionamento do Tribunal de Contas

Em resposta ao questionamento do Tribunal de Contas dos Municípios-TCM, publicado no site do órgão nessa quinta-feira (20) onde acusa o prefeito de Santo Amaro, Flaviano Bomfim (DEM), cometer irregularidades na contratação, por dispensa de licitação, para fornecimento de combustíveis no município, o mesmo em nota divulgada à imprensa afirmou que sua consciência está tranquila porque não cometeu nenhuma irregularidade. “Publicamos o decreto de emergência em janeiro para que justamente as atividades essenciais do município não fossem paralisadas. Pegamos o município num verdadeiro caos administrativo, sem nenhuma informação, diversas irregularidades nas contas públicas, salários em atraso e uma saúde completamente abandonada. Inclusive tivemos dificuldades na obtenção das informações no processo de transição. Estamos sempre à disposição da justiça, TCM e MP para qualquer esclarecimento e vamos provar que agimos nos rigores da lei, com total transparência e “vamos recorrer da decisão”, afirmou Flaviano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *