Cachoeira: Prefeitura realiza poda de árvore irresponsável e vereador solta o verbo

O vereador de Cachoeira, Enio Cordeiro (DEM), da base do prefeito, Tato Pereira (PSDB), usou as redes sociais para soltar a metralhadora contra uma ação da prefeitura. A denúncia que chegou em uma data importante (05 de junho-Dia Mundial do Meio Ambiente) caiu muito mal para a imagem do prefeito. De acordo com o Enio a prefeitura podou de forma irresponsável um Flamboyant antigo plantado na orla da cidade. “Primeiro que não sabíamos que o São João seria transferido para aquele local. E segundo que o setor responsável deveria ter chamado um técnico ou ambientalista para realizar a poda de forma racional.Estou aqui para servir ao povo e vou defender não só essa causa do meio ambiente mas também na atenção básica, na saúde e outras demandas da população”, apontou o vereador. Na postagem das redes sociais Enio soltou a seguinte indireta: “Não gostei, não aprovo e acho lamentável ter sido assim”. O democrata prometeu levar o assunto na sessão dessa segunda-feira (05) na câmara de vereadores de Cachoeira. Para o biólogo, Júlio Rêgo, essa ação da prefeitura não segue nenhum padrão técnico e pode ser considerada como crime ambiental. A lei de crime ambiental está descrita na constituição sob o número 9.605, publicada em fevereiro de 1998.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *