Comemorando 50 anos regata Aratu Maragojipe reúne mais de mil velejadores

Principal competição náutica do Norte/Nordeste e uma das mais tradicionais do País, a regata Aratu Maragojipe chega aos 50 anos ainda mais charmosa. Neste sábado (24), mais de mil velejadores participam da competição. Dentre eles, o medalhista olímpico Lars Grael, bronze nos jogos de Sidney, na Austrália, em 2000.

Os organizadores do evento náutico estimam de que mais de 40 mil pessoas circulem por Maragojipe (a 140 quilômetros de Salvador) no dia da prova, já que a data coincide com as comemorações do padroeiro da cidade, São Bartolomeu.

Além de Lars Grael, que virá do Rio de Janeiro, o navegador baiano Júlio Esteves também é presença garantida. São duas categorias principais de primeira classe na disputa, Monocasco e Multicasco, e mais 20 subclasses. Além dos barcos que competem, a expectativa é que a prova seja acompanhada por um cortejo de cerca de 700 embarcações, entre lanchas, jet skis e barcos.

São três largadas, de acordo com o tamanho das embarcações, saindo da base naval de Aratu, nas imediações da Ilha de Maré: às 10 horas, para os barcos menores; às 10h30, para os intermediários; às 10h45, para os de maior porte. A chegada a Maragojipe deverá ocorrer por volta das 14 horas.

“Vamos fazer a festa de premiação a partir das 18 horas no antigo mercado municipal, com apresentação da banda Marana”, anuncia Marcelo Fróes, da coordenação da prova. Pela programação comemorativa de São Bartolomeu , haverá também show das bandas Harmonia do Samba e Negra Cor, a partir das 10h30, nas proximidades da Praça Matriz.

A festa e a regata contribuem para promover ocupação completa nos hotéis de Maragojipe e grande procura por vagas em hospedagens das regiões vizinhas, de acordo com Fróes. “Se somarmos o número de competidores, acompanhantes e pessoas envolvidas com a regata e o público que participa da festa, deverá passar de 50 mil”, calcula.

A cerimônia de abertura da regata acontece na noite de sexta (23), na sede do Aratu Iate Clube – realizador do evento –, com show de Faustão e Os Mongas. A competição tem o apoio da Secretaria do Turismo do Estado da Bahia (Setur).

Jacques Vabre

Em outubro, a Baía de Todos-os-Santos ganha novamente grande exposição, desta vez em nível internacional, com a realização da Transat Jacques Vabre. Com saída da cidade de Le Havre, na França, em direção a Salvador, a regata reúne velejadores de vários países. A competição também tem o apoio Setur.

Cenário da regata, Baía de Todos-os-Santos está recebendo maior investimento da história

As águas calmas da Baía de Todos-os-Santos representam o ambiente ideal para a realização do turismo e competições náuticas. Com 56 ilhas, a zona turística sedia o maior investimento público da sua história. “São US$ 78 milhões, o que equivale a aproximadamente R$ 300 milhões em infraestrutura e capacitação empresarial e profissional, em requalificação de museus, marinas e construção de píeres e atracadouros. O Prodetur Baía de Todos-os-Santos é um marco no turismo do nosso estado”, avalia o secretário Fausto Franco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *