Suspeito de encomendar morte de enfermeira na BA é preso; homem era companheiro da vítima

O suspeito de encomendar a morte da enfermeira que foi morta na cidade de Alagoinhas, a 110 km de Salvador, em 2017, foi preso na manhã desta quinta-feira (18). Antônio Roberto Freitas Valverde Junior, de 37 anos, era companheiro da vítima.

Conforme a Polícia Civil, ele pagou R$ 1,5 mil para os assassinos porque considerava que ela não dava importância ao relacionamento e também se relacionava com outras pessoas.

Segundo informações da polícia, Antônio Roberto teve o mandado de prisão preventiva cumprido no bairro de Alagoinhas Velha, em Alagoinhas.

De acordo com a polícia, Rosângela Gomes Costa, de 35 anos, foi encontrada morta em 21 de abril de 2017 após ser agredida a socos e facadas em um dos quartos da casa dela, no bairro do Barreiro. A vítima estava vendada e com os braços amarrados.

A Polícia Civil informou que Antônio e Rosângela tinham um relacionamento conturbado, marcado por ciúmes e cobranças da parte do suspeito. Os outros dois suspeitos de cometerem o crime permanecem presos na delegacia da cidade.

Além de enfermeira, Rosângela Costa também era professora universitária.

Caso
O primeiro suspeito a ser preso foi Edvan Alves dos Santos, no dia 29 de abril de 2017. Segundo a polícia, ele já havia realizado serviços para a vítima. Ele foi identificado após o celular da enfermeira ser apreendido com um homem que teria comprado o aparelho na mão do suspeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *