Jovem baleado em desfile do Olodum tem morte cerebral confirmada

Baleado por um tiro nas costas na sexta-feira de Carnaval (1º), enquanto assistia à apresentação da banda Olodum no Circuito Osmar, no Campo Grande, o mecânico Jeferson São Pedro Almeida, 21 anos, que estava internado no Hospital Geral do Estado (HGE), teve a morte cerebral constatada na tarde desta quarta-feira (6).

A informação foi confirmada pela mãe do rapaz, a dona de casa Joice Pinheiro de São Pedro, 37, que fez aniversário hoje. Abalada ela contou que não esperava a piora e, menos ainda, a morte do filho, com quem chegou a conversar já no sábado (2), dia seguinte ao crime. Jeferson comentou com a mãe que não viu de onde surgiu o tiro que o atingiu.

Outras três pessoas também foram atingidas por disparos na mesma circunstância em que Jerferson, enquanto assistiam ao desfile do Olodum, próximo ao Forte de São Pedro. Entre as vítimas, está um cordeiro do bloco e uma vendedora ambulante. Todos os feridos foram atingidos nas imediações do Forte de São Pedro e socorridos HGE. Não há informações sobre o estado de saúde dos demais feridos.

O corpo de Jeferson vai ser enterrado em Acupe, distrito de Santo Amaro, no Recôncavo Baiano. A família, que mora no bairro da Federação, em Salvador, é natural do interior. Joice disse que vai fazer o reconhecimento e liberação do corpo do rapaz nesta quinta-feira (7), no Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IMLNR).

Correio*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *