Leão vai fazer interlocução entre governo baiano e Brasília

Três fatores pesaram a favor do nome do vice-governador João Leão, que assume em breve a Secretaria do Desenvolvimento Econômico da Bahia (SDE). A indicação do nome dele foi antecipada por esta coluna há uma semana. Em primeiro lugar, o cacique político do PP é um dos poucos depositários da mais irrestrita confiança do governador Rui Costa, de acordo com um interlocutor próximo aos dois. Além disso, destaca-se a experiência de Leão, tanto política, quanto no trato com a iniciativa privada. Entretanto, o que mais pesou na escolha é a interlocução que o PP tem tanto com o governo estadual, quanto com o governo federal. O governador entende que precisa de alguém com trânsito em Brasília. Este último critério tirou o PT, que sonhava com a pasta, da disputa.

O que se espera dele
A grande preocupação em relação a João Leão está relacionada à manutenção e até quanto à ampliação dos quadros técnicos da SDE. Quem conhece bem a realidade por lá explica que a imensa maioria das demandas que chegam do poder produtivo são relacionadas à área tributária. Muitas envolvem subsídios e incentivos e, por isso, demandam uma equipe preparada para discutir com a turma da área financeira tanto federal quanto estadual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *