S.F. do Conde: Alunos da primeira turma de letras da Unilab colam grau

A primeira turma do curso de Letras do Campus dos Malês, da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), formada por 15 estudantes, cola grau nesta sexta-feira (30), às 15h, com cerimônia na Câmara Municipal de São Francisco do Conde. O grupo que se gradua é composto por guineenses, caboverdeana e brasileiros, sobretudo do Recôncavo Baiano. Em seguida, às 18h, no mesmo local, será a vez de cerca de 90 estudantes do bacharelado em Humanidades colarem grau.

A turma de Letras da UNILAB escolheu como madrinhas de formatura a secretária estadual de Cultura, Arany Santana, ex-diretora do Ilê Ayê e ativista do movimento negro e dos direitos humanos, e Conceição Evaristo, primeira escritora brasileira negra já indicada para Academia de Letras do Brasil (ABL) e uma das fundadoras da coleção Cadernos Negros e da editora Quilombhoje.

A UNILAB é uma universidade que tem como objetivo ministrar Ensino Superior, desenvolver pesquisas nas diversas áreas de conhecimento e formar recursos humanos para contribuir com a integração entre o Brasil e os demais países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Na Bahia, a UNILAB está presente no município de São Francisco do Conde, considerado o município de maior população negra (maior que 90%) declarada no censo, e oferece os cursos de Letras, Pedagogia, Ciências Sociais, Relações Internacionais e História.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *